Jagat | single


Apenas uma prática I

Data: 30/08/2013 | Autor: Antonio Ganesh | Categoria: Yoga | Visitas: 992

 

É uma realização de minha inteira responsabilidade onde transcrevo orientações para quem desejar seguir por um caminho de maior seriedade com seus estudos no Yoga.

                                                                                                     

Parte – I / Objetivando a prática de asanas

Aprender a construir um asana, (postura) a partir de percepção prática da ação muscular, esquelética, mental, fisiológica, e emocional. Através do sentido cinestésico

Saber estruturar a alavanca correta para se conseguir espaço, oxigenação e conforto na postura. Tanto para ficar ou se movimentar na entrada ou saída da postura.

Identificar os sintomas na estrutura, (ou região) mais deficiente; a qualidade da dor e sensação no momento da observação.

Estes são princípios para o instrutor saber agir com sua prática pessoal e com seu aluno e através desta visão perceptiva, mostrar ao praticante, (iniciante), as possibilidades para trabalhar no asana, mantendo-se firme e tranquilo na postura.

Para sua prática pessoal; aprendendo a construir sua prática a um serviço que requer um aprimoramento constante devido as necessidades de cada um, deve o  aspirante aos ensinamentos de Yoga dar importância que o inicio seja com o despertar pela revelação do pensamento aliado a maior dificuldade física  e emocional de um asana, e que o mesmo apresenta. Que o controle da respiração seja pausada inicialmente, a elaboração do asana mentalmente antes do físico e também saber o nome da postura, (mesmo que com consulta, ou somente em português).

Dois, três , ou quatro asanas, preparam seu corpo. Bom que seja de abertura de quadril ou ombros, depois entre com uma postura supinada, que proporcione um estado de tranquilidade mental, é bom também entoar o mantra a Patanjali ou pelo menos o “OM” , pode-se realizar saudação ao sol , ou sequencia de viniasanas de três a cinco repetições, deixando para o final o asana recomendado pelo seu professor, ou caso tenha algum em particular que queira explorar. Explore as variações e não se poupe de usar materiais, importante que tais aprimoramentos possam te conduzir a uma prática sem esforço. Mais uma vez lembrando que a respiração exerce fator importante relacionado a qualidade do esforço.

Não deixar de executar a contra postura, que acalma o empenho realizado para o asana, assim você vai induzindo a consciência física do seu corpo no processo de transformação. Boa prática, J!

 

Parte – II / Realizando a prática

Uma postura do Yoga ou uma sequência que acerte para trabalhar na prática , não pode estar associada apenas a imagem que você tem da posse e a forma que cria relacionada a esta imagem. Os olhos físicos , resgatam a imagem mental da postura e você cria a mecânica para realizar a pose .

Um asãna ou uma sequência tem a maneira apropriada de preparação , você deve buscar este movimento com muito enfoque. Estar certo da maneira que caminha de um para outro ponto do trabalho sem se descuidar do que já realizou , entender porque deve fazer a preparação e buscar o caminho com tranquilidade, “ O caminho do meio e  o mais recomendado ” .

Uma prática pessoal, requer disciplina, e disciplina requer austeridade consigo mesmo. Não esmorecer aos sintomas de desconfortos, você sempre terá uma resposta. Os resultados viram aos poucos , como ,todo processo que te traz  até aqui. Muitas vezes recaímos a algum tipo de impedimento porque não soubemos observar o que era para ser visto.

Deixamos muitas coisas externas  entrar no nosso templo, (corpo) e trocamos facilmente o conhecimento por dúvida. Aja com sabedoria!

 

 

“ O Yoga é como a música: O ritmo do corpo, a melodia da mente, e a harmonia da alma, criam a sintonia da vida”

B.K.S. Iyengar

 

Portanto uma sequência adequada ou um asãna estudado com profundidade , nos mostra o benefício máximo que desejamos com a prática, sendo assim temos que saber relacionar os conceitos que aprendemos para nos acoplarmos ao Yoga e não o contrário, o Yoga se acoplar a nos. Ações continuas de um para outro asãna vai mostrar a você como agir nos viniasãnas, e prepara-lo para ver a melhor maneira de abordar um a postura com seus alunos. As respostas vão surgindo

 

 

 

 


Administração

Rua: Eduardo Monteriro, nº 627 - Piso 2
Santo André - SP

Fone: (11) 98315-5145